Justin Bieber estava sendo processado por um fotógrafo de Miami chamado Manuel Munoz, o profissional alegou ter sido agredido por um dos guarda-costas do cantor canadense em 2014.

O que informa o site Gossip Cop é que Justin e o fotógrafo fecharam um acordo, com termos confidenciais.

Na época, janeiro de 2014, o guarda-costas Dwayne Patterson agrediu Munoz por ter tirado fotos do artista saindo de uma casa noturna chamada SET Nightclub.

Além de ser agredido, o fotógrafo teria perdido para o segurança de Bieber a sua câmera e o cartão de memória.

Justin Bieber resolveu este problema antes de ser obrigado a ir à Miami, o fim de outubro era o prazo final.

Fique ligado no nosso canal do youtube!

DEIXE UMA RESPOSTA