O lyric video de “Only”, música nova da Nicki Minaj, está causando um burburinho com o nome da cantora. O vídeo foi associado ao nazismo por muitos internautas e chamou a atenção da ONG Anti-Defamation League (ADL), que luta contra o antissemitismo.

O diretor americano da organização, Abraham H. Foxman, sobrevivente do holocausto, emitiu um comunicado criticando a cantora.

“É perturbador que ninguém no grupo de produtores, empresários e marqueteiros da Nicki Minaj tenha atentado ao uso de tais imagens antes de tornar o vídeo público”, escreveu. “Esse vídeo é insensível com os sobreviventes do Holocausto e trivializa a história dessa era”.

Nicki Minaj aparece como uma ditadora militar, seguida de um exército de soldados com braçadeiras vermelhas com o logo da gravadora Young Money estilizado.

Fique ligado no nosso canal do youtube!

DEIXE UMA RESPOSTA